divagações concretas concretudes abstratas

e um copo vazio está
cheio de ar

23.9.08

aproxime-se

se eu disser que sei
sou pretensioso
se eu disser que não sei
sou burro
se eu disser talvez
sou misterioso
se eu não disser nada
sou marrento
se eu disser sim
sou permissivo
seu eu disser não
sou dificil
se eu disser qualquer coisa
vou ser alguma coisa,
nos olhos de quem me olha distante
:

3 comentários:

Debora disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
A Menina Sem Século disse...

se eu disser qualquer coisa
vou ser alguma coisa,
nos olhos de quem me olha distante

depende dos olhos..
olhos pequenos dizem, acham mil coisas , vêem(?) ..mas não enxergam...

"sê inteiro"
"sê tudo o que se é
e tudo cabe."

boas divagações heim dial up..tirando a do peido..rsrsrrs

A Menina Sem Século disse...

aeeeeee! finalmente dialogando, doeu? rsrs

Ah! esqueci de dizer. bunito texto, senhorito. o do pum tb , confesso.

eu?

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

leia me

outras divagações


[alter]ego marginal

quantas?

free counter