divagações concretas concretudes abstratas

e um copo vazio está
cheio de ar

5.9.08

da série: contos eróticos desplugados



na hora agá,me beija!
beijos.e os milhares de momentos




horas de movimentos pélvicos
ambos suados
movimento em aceleração extrema
barulho do contato, da batida do corpo com corpo
ela gemia e se contorcia de tesão: Vou gozar! vou gozar!
tremendo-se toda pedia em desespero:

- me beija agora! me beija!
me beija, vem

é desse beijo que to falando,desse momento
esse beijo!



:

Um comentário:

Debora disse...

...

eu?

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

leia me

outras divagações


[alter]ego marginal

quantas?

free counter