divagações concretas concretudes abstratas

e um copo vazio está
cheio de ar

19.6.11

Ponto.


video
e no dia que recebeu flores percebeu que podia ser protagonista da sua própria vida.



:

7.6.11

poesia > silêncio > pra dentro > olhar > escuro > pensamento > desejo e > criação.


criação > desejo e > pensamento > escuro > olhar > pra dentro > silêncio > poesia.



:

6.6.11

cada nova paisagem
novo nascimento
cada novo livro
outro mundo que se abre
cada olhar pra ela
um novo olhar de admiração
e desejo

amor é quando admiração e tesão
são cúmplices em silêncio.




:



eu?

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

leia me

outras divagações


[alter]ego marginal

quantas?

free counter