divagações concretas concretudes abstratas

e um copo vazio está
cheio de ar

28.4.08

no meio do fim tem i

posso te dizer o que eu to com vontade de fazer com você a noite toda?
pode ué
ele disse.
ela calou dezoito segundos.
olhando de cima pra baixo com olhos de gato em estado de alerta
demorô - dizendo baixo, olho no olho, cabelo caído no rosto e um sorriso malicioso encantador

no fim. no meio do fim ainda tinha uma letra i
não teve
noite toda






0084

3 comentários:

bem que poderia ser ela disse...

iiiiiiiiiiiiii!

blog-do-bailinho disse...

tatá tá que tá

Fran Fillon disse...

i aí Tata bom texto...

eu?

Minha foto
to correndo.sempre pressa.meio atrasado.ligação perdida.olhar atento.desculpa o atraso.to indo embora.quer carona?aqui desse lado,aqui..assim mesmo.meu fluminense e meus desejos.um beijo do seu.eu aqui em qualquer lugar aqui, espaço pra vazão a idéias. ficção criando uma verdade pseudo pessoal. "eu quero uma verdade inventada"

leia me

outras divagações


[alter]ego marginal

quantas?

free counter